Como retirar botas ou propés

De nada adianta retirar esses itens e pisar com calçados próprios ou com os pés descalços no mesmo local em que você andou com o propé. Se isso ocorrer, haverá transferência do patógeno do propé / bota para o piso, e do piso, para os seus calçados ou pés. Assim, recomenda-se que a área de retirada de propés e botas sejam dividida em duas: uma área limpa e uma área suja. Esse separação pode ser feita com uma marca no chão. A área limpa deve ser frequentemente higienizada e é onde as pessoas poderão pisar com calçados próprios ou descalças, dependendo da situação. A área suja, também frequentemente higienizada, é onde as pessoas irão pisar ainda com suas botas e propés.

 

Propés

(i) Sempre utilize um par de luvas para retirar o propé;

(ii) Retire o propé, um a um, pela ponta (sem encostar na sua roupa ou calçado), transferindo seu corpo da área suja para área limpa, pisando com o calçado na área limpa e com o propé na área suja.

(iii) Descarte seu propé no lixo infectante;

(iv) Retire suas luvas conforme procedimento indicado e as descarte no lixo infectante;

(v) Higienize suas mãos com água e sabão ou álcool gel imediatamente após esse procedimento.

 

Botas descartáveis

As botas descartáveis normalmente fazem parte do conjunto de macacão. Assim, a mesma deverá ser retirada no mesmo momento em que a pessoa retira o macacão. Mais informações dessa desparamentação podem ser encontradas aqui.

Quando as botas não fazem parte do macacão, elas devem ser retiradas da mesma maneira que o propé, puxando-a pela extremidade, e transferindo seu corpo da área suja para área limpa. Siga o mesmo procedimento descrito para propés.

Botas reutilizáveis

As botas reutilizáveis devem ser retiradas utilizando o mesmo procedimento dos propés, porém, o hospital deve possuir sistema de desinfecção e higienização das mesmas após o uso. Jamais reutilizar um par de botas sem antes higienizá-los da maneira apropriada.